Terça-feira, 10 de Janeiro de 2012

Dois Paises 3 concelhos 3 Regiões a mesma questão população e emprego..........

Boa Noite

 

Pois tenho andado meio fugido daqui (internet), mas não esquecido, apenas falta de tempo para actualizar este meu vosso blog.

 

Passando os olhos pela internet estive a ler um artigo que foi base de tese de José Manuel Pérez Pintor El investigador de la Universidad de Extremadura (Uex) sobre "as relações na fronteira Extremadura espanhola lusa, a fim de aumentar a consciência sobre esta realidade social", é bom vermos a opinião de alguém que olha para nos de fora.

 

Pois se pedirem a opinião a alguem do Concelho já a sabem isto está mau, não á emprego .........

 

Ver este artigo dá que pensar o estudo foi para analisar as Regiões que fazem fronteira com a estremadura Espanhola, e o que temos do outro lado da fronteira uma Região de Espanha das mais envelhecidas os mesmos problemas que nós resumidamente tambem temos, falta de gente, emprego, sustentabilidade entre outros.

 

O que o investigador propoe é que as Regiões se unam e esqueçam a fronteira e retirem de cada uma o melhor que cada localidade tenha para dar, aconselho a leitura do artigo e o que ele recomenda aos nossos GOVERNANTES, melhores infra-estruturas rodoviárias e não portagens das mais caras do Pais, cancelamento de comboios com o encerramento de linhas férreas, encerramentos de Centro de Saúde aos fins de semana e feriados.

 

Deixo o texto em baixo traduzido pelo Google, não me culpem por algum erro de tradução lol

 

 

"Bangcoc, 23 dez (EFE) .- O pesquisador da Universidade da Extremadura (UEX) José Manuel Pérez Painter tem recomendado em uma tese de doutorado para reforçar a cooperação com Portugal, para tentar evitar o chamado "efeito de borda" na região Alentejo Central Extremadura, e pediu a coesão da infra-estrutura de rede.

Pérez Pintor pertence ao Departamento de Expressão Gráfica e discutidos em sua tese, que foi liderada pelo professor José Antonio Gutiérrez Gallego, as relações na fronteira Extremadura espanhola lusa, a fim de aumentar a consciência sobre esta realidade social, UEx como relatado em comunicado à Efe.

O estudo abrange a municipalidade, quarenta tornar transfronteiriça diária, que se estendem ao longo de uma linha de mais de 420 quilômetros, e revela a situação "marginal" na região da Extremadura do Alentejo Central, tanto geograficamente como na tomada de decisões na União Europeia, Espanha e Portugal.

Apesar das recentes iniciativas de cooperação concretizados com base na integração desses países na UE em 1986 como Programa de Cooperação Territorial INTERREG Cruz e Programa de Cooperação Operacional Fronteira Espanha-Portugal (POCTEP), o autor do pesquisa destaca a dificuldade de resolver o problema do envelhecimento da população e do vazio demográfico em municípios na área.

A taxa de envelhecimento de Espanha e Portugal é de cerca de 25 por cento, enquanto mais da metade dos municípios analisados ​​apresentaram percentuais mais elevados, por exemplo, em Idanha-a-Nova, a taxa está em 40% , em Penamacor em 40%, em Vila Velha de Roda, 40,1%, em Membrío em 38,1% e 34,9% Albas Piedras.

"Com essas condições e em uma situação econômica como a atual, é necessário mais do que nunca aposta das diferentes instituições para a implementação e gestão conjunta dos serviços e equipamentos sociais, saúde, assistência social, protecção civil, etc., Permitindo coesão e melhorar a qualidade de vida dos moradores nessa área, disse Perez Pintor.

Em sua opinião, "vontade" para melhorar a acessibilidade ea oferta de transporte público disponível., Como o fornecimento atual de autocarro e comboio, permitindo a ligação entre as cidades de fronteira é "deficiente e totalmente dependente de rotas internacionais que conectam Madrid a Lisboa ", ele incdido.

Nesse sentido, Painter Pérez afirmou que o acesso em tempo mínimo para os centros de atividade principal da Península Ibérica, ou seja, aqueles com população superior a 200.000, o melhor é mais de 90 minutos, portanto, reivindicar a sua que é um espaço "periférico e marginal dentro da União Europeia."

Assim, o pesquisador explicou que a área de Badajoz, Elvas, Portalegre é uma população mais dinâmica e economicamente, mas há um outro com um acentuado envelhecimento e estagnação econômica, que por sua vez faz com que os tempos de inscrição mínimo mais elevado acima 150 minutos.

Este é o ambiente rural da área de estudo, que é formado pelas cidades de Vila Velha do Roda, Penamacor, Idanha-a-Nova e Sabugal, localizado no bairro Português de Castelo Branco e Guarda, e no caso da Extremadura , é Piedras Albas Membrío, Herrera de Alcántara, Carbajo e Cilleros, todas localizadas na província de Cáceres.

As cidades fronteiriças foram urbanos e semi-urbanos da população de mais de 5.000 têm uma taxa média de atividade perto da média europeia, Espanhol e Português, localizado cerca de 65 por cento, e também são as áreas com maior número de pessoas empregadas na e de negócios do setor de serviços.

Portanto, para Perez Pintor é "necessária" a coesão da rede de infra-estrutura, especialmente em áreas menos acessíveis, e para que "não fazem alto custo de infra-estrutura, mas realizar ações específicas para facilitar as relações entre ambos os lados da fronteira, reduzir as taxas atuais de rodeio, "refinado do autor. EFE"

 

Para os bons interpretes de castelhano fica o link para o texto original:

 

http://www.abc.es/agencias/noticia.asp?noticia=1047332

 

 

Deixem-nos viver onde crescemos e não nos obriguem a imigrar...............

 

publicado por Cruz às 19:57
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 18 de Setembro de 2009

Meimão com regadio ga...

Foi apresentado o regadio do Meimão uma pretensão antiga da população e do concelho para o bem estar de todos. É de sa...

Ler artigo
publicado por Cruz às 16:17
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quarta-feira, 14 de Janeiro de 2009

SERÁ QUE PENAMACOR E ...

O Revoltas lembrou-se de tentar saber se afinal Penamacor e o Sabugal como tinha sido prometido já teriam os linces de...

Ler artigo
sinto-me: Desta vez enganaram outros
música: hahahahahahah musica levou Silves
publicado por Cruz às 02:35
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 14 de Janeiro de 2009

Confraria do Bucho Ra...

É com um enorme prazer que o Revoltas pública a noticia da Confraria do Bucho, depois de um email enviado pelo blog cape...

Ler artigo
sinto-me: Parabens Sabugal
música: Sem Som
publicado por Cruz às 01:20
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 1 de Outubro de 2008

BTT EM VALE DE ÉGUAS ...

A pedido da Associação dos amigos de Vale de Éguas o Revoltas informa do passeio de Btt que se vai realizar no dia 5 d...

Ler artigo
sinto-me: COM A PESTANA A FECHAR
música: AO SOM DAS PEDALADAS
publicado por Cruz às 21:36
link do post | comentar | favorito
|

.pesquisar

 

.Janeiro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Dois Paises 3 concelhos 3...

. Meimão com regadio garant...

. SERÁ QUE PENAMACOR E O SA...

. Confraria do Bucho Raiano...

. BTT EM VALE DE ÉGUAS (SAB...

.mais sobre mim

.links

.Visitantes do Revoltas

já visitaram

.tags

. todas as tags

.radio comercial

blogs SAPO

.subscrever feeds